5 razões para fazer um seguro de vida

5 razões para fazer um seguro de vida

Contratar um seguro de vida é uma decisão que engloba diferentes fatores. Basicamente, as pessoas tendem a buscar formas de evitar riscos, ou pelo menos, reduzi-los. Trata-se de uma condição, muita vezes, natural, tendo em vista que almejamos a preservação das condições relacionadas à vida da família, mesmo quando não estivermos mais aqui. Nesse contexto, surge a proteção pessoal e a preocupação em manter o padrão financeiro e econômico dos entes mais queridos.

Apesar da sua importância, a contratação de um seguro de vida não está entre as prioridades de boa parte dos brasileiros. Veja razões para contratar um seguro de vida:

seguro de vida

Tranquilidade para os familiares

Mensalmente há uma gama de compromissos, como contas a pagar, e a sua renda é imprescindível para evitar pendências. O que acontece com esses compromissos no caso de sua ausência? Eles podem prejudicar seus familiares por algum tempo e o apoio financeiro do segurado pode auxiliar nesse momento, proporcionando maior tranquilidade para que possa se restabelecer. O seguro também concede a indenização em casos de invalidez, causada por doença ou acidente, que embora ninguém goste de considerar, eles podem ocorrer, e ter a noção da proteção proporciona uma sensação maior de segurança. Daí vem o intuito do seguro de vida, que é repor perdas materiais e patrimoniais em caso de ausência ou invalidez.

Proteção do patrimônio

Imagine se tudo o que você conseguiu em vida fosse comprometido e que não restasse nada para seus familiares? Quando não há seguro, não há garantias de que os seus bens ficarão com quem se ama, pois há dívidas que talvez não possam ser honradas pelos que estão a sua volta. A indenização vai dar segurança ao seu patrimônio mesmo em sua ausência, sem que ninguém precise deixar de lado os sonhos ou padrão de vida. O cônjuge e filhos poderão retomar suas vidas sem ter preocupações financeiras adicionais.

Auxílio à família

Os seguros não ofertam apenas as indenizações. Há apólices que cobrem também serviços de assistência aos beneficiários, dessa forma, o segurado tem a certeza que seus entes estarão protegidos em diferentes situações. A assistência contempla, por exemplo, baby sitter e transporte escolar nos casos em que a mãe esteja hospitalizada, remoção médica para dependentes acidentados, entre outros benefícios.

Mais segurança

A ideia do seguro de vida não é de repor a sua presença de uma forma financeira, e sim mostrar que você sempre pensou em seus familiares e quer o melhor para eles. Mesmo na sua ausência, sua família terá o mesmo conforto, segurança e não irá passar por situações desagradáveis em decorrência da falta de recursos.

Cobertura não só para a morte

Como mencionado, as empresas seguradoras oferecem aos seus segurados a alternativa de contratar uma apólice com outras coberturas. Além da indenização em caso de morte natural ou acidental, existem outros tipos de coberturas para os casos que envolvam invalidez (temporária ou permanente) ou quando o segurado é acometido por uma doença grave. Quando algo assim ocorre, os segurados podem utilizar a indenização do seguro para o custeio de tratamentos ou para seguir com o mesmo padrão de vida.

Despesa x necessidade

Como é possível notar, o seguro de vida não se trata de uma despesa, mas sim uma necessidade que não deve ficar de lado. Geralmente, o valor pago gira em torno dos 3% (e até menos) do orçamento mensal. Dessa forma, é possível manter o pagamento das contas em dia e ainda se resguardar caso algum fato inesperado ocorra.

Gostou do artigo ou ficou com alguma dúvida? Diga-nos o que achou nos comentários e não deixe de acompanhar as postagens do blog.

 

No Comments

Postar Comentário

Converse conosco pelo Whatsapp
× Olá !! Precisa de ajuda ?