Passo a passo para abandonar o emprego e virar dono de imobiliária

Passo a passo para abandonar o emprego e virar dono de imobiliária

Você está cansado de trabalhar para terceiros e está pensando em abandonar o emprego e investir no seu sonho de ser dono de imobiliária? Saiba que ter seu negócio próprio é um dos maiores sonhos do brasileiro. Entre as principais principais motivações, estão a possibilidade de se fazer o que gosta, ter um bom retorno financeiro e obter crescimento profissional. Neste momento, apesar da instabilidade econômica do país, é registrada a maior taxa de empreendedorismo do país nos últimos 14 anos.

Abandonar o emprego e virar dono de imobiliária

Abrir a sua própria imobiliária

Para quem está pensando em empreender no segmento imobiliário o cenário também apresenta oportunidades. A aquisição de um imóvel, além de ser vista como uma conquista para casais e famílias, também é entendida como um investimento. Assim como há quem compre determinado imóvel para ser a sua residência, há quem o adquira para investir, ou seja, é um mercado que está sempre em movimentação. E nos últimos anos, nesse processo, a imobiliária se tornou fundamental para fazer essa intermediação entre proprietários e compradores.

Se você decidiu que esse é o momento de concretizar seu objetivo, abandonar o emprego, assumir sua independência e abrir sua imobiliária, é importante dar esse passo tão importante de modo planejado, a fim de aproveitar todas as vantagens desse modelo de negócio. Veja, a seguir, um passo a passo de como se preparar para virar empreendedor. Confira!

Passo 1 – Você tem um perfil empreendedor?

Saiba que, em essência, todos nós nascemos empreendedores. Antes da Revolução Industrial, a maior parte das pessoas era empreendedora: em busca de comida, de abrigo, de meios para garantir sua existência. Entretanto, com o aumento da burocracia e da industrialização, característicos desse momento, mostrou-se necessário que se assumisse a outra ponta – a de funcionários das fábricas e indústrias.

Esse modelo vigorou durante a Era Industrial, mas hoje, na Era do Conhecimento, focada na inovação, na informação, no compartilhamento muito mais do que na produção em escala, cada vez mais o empreendedorismo reencontra seu espaço.

A primeira pergunta que você precisa fazer a si mesmo é: consigo trabalhar sem alguém me supervisionando, sendo eu quem dá os comandos? Se você responder positivamente, então você pode seguir em frente.

Outro ponto importante que deve ser analisado é que o dono de imobiliária, pelo menos, até sua empresa conseguir andar de forma mais independente, irá trabalhar bastante, sem horário fixo, pró-labore fixo e final de semana. Está disposto a isso? Se sim, você está pronto para seguir em frente e, futuramente, colher todas as vantagens trazidas pelo empreendedorismo!

Passo 2 – Busque informações sobre o mercado

Antes de abandonar o emprego é preciso planejamento e para isso você precisa antes conhecer o mercado que está entrando, estudá-lo para realmente montar uma imobiliária de sucesso, que encontre seu espaço no mercado.

Primeiramente, faça uma pesquisa sobre lançamentos e procura de imóveis. Será que a maior busca é por imóveis para compra ou para venda em sua região? Faça uma pesquisa sobre bairros e valores. A maior parte das pessoas que serão o público de sua empresa procura por um imóvel em qual faixa de preço? Qual é o nicho que se deve focar? Faça uma pesquisa aprofundada sobre o mercado em sua região, sobre o comportamento de seu cliente e busque um diferencial que permita que sua imobiliária se diferencie da concorrência.

Passo 3 – Vá atrás de formação específica

Depois de perceber que você tem um perfil empreendedor e buscar informações sobre o mercado chegou a hora de capacitar-se para tornar-se dono de imobiliária.

Participar de eventos desse segmento é importante para entender mais a fundo como funciona o mercado imobiliário e também para fazer networking.

Há várias formas de se profissionalizar: além de cursos profissionalizantes, há faculdades que oferecem cursos de graduação e pós-graduação. As universidades oferecem tanto modalidades presenciais quanto a distância. Quando se trata de imobiliária é importante ter registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (CRECI) da sua região. Outro curso interessante, que será muito útil é o de direito imobiliário.

Além da formação específica, se você não possui experiência em gestão, pode ser útil buscar conhecimento nessa área. O SEBRAE, por exemplo, possui diversas opções de treinamentos voltados a novos empreendedores.

Passo 4 – Reúna informações

Após estudar o mercado e se capacitar chega a hora de abandonar o emprego e colocar em prática o que aprendeu tornando-se dono de imobiliária. Nesse momento, não esqueça de que para realmente obter as vantagens desejadas e efetuar negócios é necessário ter o máximo de informações sobre as regiões e particularidades dos imóveis que você tem para oferecer seja para comprar, ou seja, para alugar.

Nessa hora, apostar na divulgação digital para alavancar seus negócios pode ser uma ideia interessante.

Passo 5 – Conheça as exigências legais e burocráticas

Lembre-se também de consultar as exigências legais e a documentação que deve ser encaminhada antes de abrir as portas. É necessário, por exemplo, registro na Junta Comercial e na Secretaria da Receita Federal, além da obtenção de alvará do Corpo de Bombeiros.

No site do SEBRAE, você poderá consultar todas as exigências legais e burocráticas relacionadas à abertura de uma imobiliária. Por fim, é essencial também ficar atento às mudanças de leis de zoneamento e plano diretor de prefeituras. Estar bem informado é essencial para planejar suas estratégias, estar em conformidade com a lei e conquistar negócios para sua imobiliária.

Passo 6 – Crie uma rede de contatos

Além disso, é importante criar uma rede de contatos. Isso também vai auxiliar na divulgação e no sucesso do negócio. Colocar a imobiliária a disposição de síndicos e moradores sempre ajuda para fazer seu negócio crescer.

Ter seu próprio negócio traz diversas vantagens como ter maior independência e autonomia, realizar-se profissionalmente, mudar de carreira, conquistar seu espaço no mercado.

Há uma perspectiva positiva para o segmento imobiliário, este é um momento propício ao empreendedorismo, que cresce cada vez mais no Brasil. Entretanto, para obter sucesso é preciso preparação e planejamento. Antes de abandonar o emprego para ser dono de imobiliária, estude seu mercado, crie diferenciais para seu negócio, entenda as peculiaridades e as leis que regem a área, crie seu plano de negócios para, então, colher os frutos e obter as vantagens trazidas pelo empreendedorismo imobiliário.

Então, pronto para ser dono de sua imobiliária? Se você tem alguma dúvida, deixe aqui nos comentários! Continue em nosso blog para ver mais dicas para ajudá-lo em sua jornada!

No Comments

Postar Comentário