Como reduzir os custos do RH?

Como reduzir os custos do RH?

Manter os colaboradores satisfeitos é um dos maiores segredos para o sucesso das empresas. Mas se as contas não fecham no final do mês, alguns ajustes são necessários, inclusive, reduzir os custos do RH.

O contexto econômico atual não é muito estimulante. Diversas organizações estão sendo atingidas pela crise, e esse cenário exige uma postura que otimize os recursos financeiros para que as empresas sobrevivam.

Nesse momento de instabilidade, analistas de RH se deparam com a necessidade de lidar com a baixa perspectiva de aumentos, com a redução de contratações, entre outros. É preciso agir de forma estratégica para economizar, sem comprometer a qualidade dos processos ou os índices de motivação interna.

Afinal, quando a empresa é capaz de diminuir os seus custos, sem reduzir a qualidade de seu negócio, ela se torna mais forte, competitiva e lucrativa, porque pode investir o valor obtido por meio da economia em melhorias que tornarão o ambiente cada vez melhor e a organização ainda mais rentável.

Quer saber mais sobre como reduzir os custos do RH? Continue a leitura e confira nossas dicas!

1. Revise o pacote de benefícios para reduzir os custos do RH

Quando encaramos épocas de instabilidade financeira, uma das primeiras ações é “fechar as torneiras” e reduzir os custos do RH.

Mas os benefícios oferecidos estão diretamente relacionados à motivação dos colaboradores. Além disso, os profissionais da área sabem que o fornecimento de alguns benefícios não pode ser interrompido, pois constituem direito adquirido.

Uma boa alternativa é mapear os fornecedores e reavaliar contratos com os parceiros atuais.

É possível negociar preços e encontrar as opções que ofereçam o melhor custo-benefício, sem prejudicar os colaboradores.

Em último caso, é necessário estudar a possibilidade de dividir custos com os funcionários. Se a sua empresa paga integralmente algum benefício, talvez seja hora de repassar algum desconto. Assim, a organização não corta o benefício e consegue economizar.

E, por incrível que pareça, a contratação de alguns benefícios pode ajudar a reduzir os custos do RH. É o caso do plano de saúde, que reduzem o absenteísmo e o afastamento por problemas de saúde.

2. Contrate colaboradores com fit cultural

Essa é uma excelente maneira de reduzir os custos do RH no médio e longo prazo. A rotatividade dos colaboradores, muitas vezes, é causada por falta de compatibilidade com a empresa.

O turnover faz com que os recursos da organização sejam desperdiçados. Pesquisas mostram que o gasto com a perda de um funcionário pode custar à organização até 213% do valor de seu salário. Além disso, existe todo um investimento de tempo e dinheiro necessário para recrutamento, seleção e adaptação dos profissionais que estão chegando.

Por esse motivo, é preciso olhar para a cultura da empresa e determinar quais são os pontos predominantes. Assim, quando novos processos de contratação forem abertos, os profissionais do RH buscarão traços de personalidade nos candidatos que se adaptem aos da organização, evitando custos com desligamentos já nos primeiros meses por falta de compatibilidade entre cultura da empresa e do funcionário.

3. Melhore os treinamentos da empresa

Ao invés de cortar os treinamentos, busque maneiras de melhorá-los, porque são investimentos essenciais para manter os colaboradores motivados, engajados e a par das melhores práticas.

Para reduzir os custos do RH, eleve o nível de conhecimento das equipes. Isso irá impulsionar a produtividade e os resultados da empresa.

4. Invista na satisfação dos funcionários

Alguns fatores podem gerar desmotivação dentro do ambiente organizacional, e uma das formas de reduzir os custos do RH é trabalhar para eliminá-los.

Pesquisas de clima, gestão de conflitos, treinamentos, desenvolvimento de líderes e benefícios (como os planos de saúde, por exemplo) são formas de promover a retenção de talentos. A satisfação profissional ocorre por meio das políticas que proporcionam um ambiente de trabalho positivo e que evite a rotatividade.

Tudo isso não apenas ajudará a reduzir os custos do RH como, também, a otimizar seus resultados, uma vez que colaboradores motivados produzem 12% a mais, conforme pesquisa.

5. Automatize processos

Dentro da área de RH, muitos processos podem ser automatizados, reduzindo os custos e eliminando os erros e retrabalhos.

Existem softwares que podem tornar o recrutamento e seleção muito mais rápidos e a folha de pagamento mais simples.

Por meio de programas específicos, é possível centralizar as informações, eliminando planilhas e controles paralelos. A triagem dos currículos também pode ser feita de forma mais assertiva e rápida, economizando o tempo do recrutador – e isso está diretamente relacionado à economia de dinheiro, não é mesmo?

A tecnologia deve ser uma aliada dessa área para minimizar o tempo empregado nos processos internos, aumentar sua confiabilidade e reduzir custos.

Conforme um artigo da Forbes, a adoção de tecnologias está diretamente relacionada a setores de Recursos Humanos estratégicos e inovadores, que contribuem para o sucesso das organizações.

Assim, investindo na automação de processos, não apenas é possível reduzir os custos do RH como, também, tornar essa área mais central na geração de diferenciais competitivos e resultados da organização.

6. Otimize a jornada de trabalho

Outro dos pontos fundamentais para reduzir os custos do RH é garantir o bom aproveitamento da jornada de trabalho.

Uma das maiores vilãs dos orçamentos do RH é a hora extra. Por isso, é essencial revisar processos e a distribuição de atividades e de responsabilidades para otimizar a jornada de todos.

As reuniões também precisam ocorrer somente quando necessárias, e ter horário de início e término previstos para garantir que, realmente, sejam produtivas.

Dependendo do seu segmento de negócio, contratar funcionários no regime de home office também pode ajudar. Essas ações irão ajudar a diminuir, inclusive, gastos com energia elétrica, água e recursos tecnológicos consumidos após o término do expediente.

O RH é uma área estratégica dentro das organizações, afinal, a responsabilidade de gerir as pessoas é desse setor. Para reduzir os custos do RH, é fundamental garantir medidas que mantenham o engajamento das equipes, para que a motivação e a produtividade não sejam afetadas negativamente.

E você, quais estratégias adota para reduzir os custos do RH na sua empresa? Gostou das nossas dicas? Compartilhe este post com os seus colegas de área e até a próxima!

No Comments

Postar Comentário