Como selecionar e contratar os prestadores de serviço nos condomínios?

Como selecionar e contratar os prestadores de serviço nos condomínios?

O cotidiano do condomínio exige tarefas que nem sempre são realizadas pelo síndico e moradores, sendo necessária a terceirização de serviços. É de interesse dos condôminos a limpeza e conservação das áreas comuns, afinal trata-se do seu próprio patrimônio. O objetivo da contratação dos prestadores de serviço nos condomínios é oferecer mais dinamismo e flexibilidade na execução das tarefas, priorizando o trabalho de qualidade. Todos os prestadores de serviços podem ser terceirizados, desde a portaria, passando pela limpeza, zeladoria, e também a vigilância. Daí a importância de selecionar prestadores de serviços eficientes e dentro das normas trabalhistas vigentes.

Se você enfrenta essa dificuldade no dia a dia do síndico de condomínio, acompanhe alguns pontos a serem levados em conta para que sejam feitas boas contratações:

prestadores de serviço nos condomínios

Coloque as contratações na pauta

É imprescindível que haja uma conversa entre os moradores quanto à necessidade da contratação dos prestadores de serviços, expondo a importância dos funcionários para a melhoria da qualidade de vida dos condôminos. Para que haja um consenso entre todos, deve-se apresentar e discutir em assembléia os problemas e as necessidades do condomínio, para que em seguida seja decidido quais tarefas irão ser terceirizadas, quantos funcionários irão ser contratados, como será a contratação (empresa terceirizada ou profissionais CLT e autônomos), entre outros detalhes importantes.

Os moradores também devem estar cientes de uma eventual cobrança extra em decorrência da prestação de serviços, por isso que deve-se analisar cuidadosamente a situação financeira do condomínio e o seu fluxo de caixa, evitando possíveis gastos que vão além da capacidade econômica do condomínio.

Lembrando que cada tipo de serviço contratado (terceirizado ou CLT) possui uma tributação específica, você pode conferir cada uma delas neste post: Cuidados na gestão dos funcionários do condomínio.

Entreviste os pré-selecionados

O ideal é que os prestadores de serviços sejam contratados após a busca de referências e uma pesquisa para saber se possuem antecedentes criminais, para garantir a idoneidade do contratado. Converse a respeito dos trabalhos anteriores, se possui carta de recomendação e referências pessoais. Antes de contratar qualquer serviço, analise as normas e leis referentes à função, sobretudo as questões relacionadas à segurança, salubridade e com o fornecimento dos equipamentos adequados. É válido salientar a responsabilidade do condomínio em casos de problemas referentes a essas questões levantadas.

Durante a entrevista, é importante que todas as informações sejam repassadas ao possível candidato: O período contratual, salários e benefícios, direitos e deveres, o regulamento interno do condomínio, o horário de trabalho, plano de carreira, enfim, todos as informações sobre a vaga ofertada.

A contratação

Há basicamente duas opções: contratação temporária, para algum serviço esporádico, e a permanente, que deve seguir as normas da profissão e da CLT. Em ambos os casos, é importante manter a legalidade, o controle e os documentos que comprovam a contratação para a prestação de contas posterior.

Empresa terceirizada:

Muitos condomínios optam pela contratação de uma empresa que ofereça a mão de obra e em alguns casos até o equipamento necessário. Há o ganho de não ter que arcar com encargos trabalhistas, entretanto a atenção deve ser redobrada. Inicialmente é importante verificar a idoneidade da empresa contratada, se ela paga os funcionários em dia e a pontualidade dos mesmos. Se atente aos deveres de cada uma das partes envolvidas e elabore um contrato com todas as especificações dos serviços prestados.

Profissional contratado:

É muito comum que haja funcionários que permanecem no seu cargo dentro do condomínio por diversos anos, a exemplo do porteiro. A contratação de profissionais pela CLT é uma tarefa mais difícil, pois demanda bastante procura e paciência para selecionar e entrevistar os possíveis candidatos, mas também pode ser vantajosa devido ao relacionamento mais pessoal e duradouro.

Neste caso, a atenção referente a contratos e regras devem ser redobrados, além dos encargos tributários, direitos trabalhistas e principalmente da qualificação do profissional.

Tenha o controle dos funcionários

É interessante manter o controle da entrada e saída do funcionário, honorários, escalas, além do detalhamento de cada uma das funções. Acompanhe o que é preciso para tornar o trabalho dos terceirizados mais seguro e eficiente:

  1. Tenha autorização prévia emitida pela administração para o acesso e a confecção de um crachá para o prestador de serviços;
  2. Entregue ao funcionário o crachá de identificação, mesmo se for temporário;
  3. Anote os dados de documentação do prestador de serviço;
  4. Solicite o crachá na saída;
  5. Cadastre e mantenha o registro atualizado de todos os prestadores serviços.

Embora na maioria dos casos o fator principal a ser levado em conta é o custo, sempre é importante assegurar que o condomínio esteja contratando um profissional sério, o que evita dores de cabeças futuras e despesas extras. Lembre-se que a contratação de um prestador de serviços tem o objetivo de trazer mais eficiência às tarefas comuns e não aumentar os problemas, portanto tenha bastante atenção ao contratá-lo.

 

Gostou do artigo? Comente o que achou e nos ajude a garantir o conteúdo de qualidade e que responda as suas dúvidas.

No Comments

Postar Comentário

Converse conosco pelo Whatsapp
× Olá !! Precisa de ajuda ?