7 dicas para diminuir os custos fixos do condomínio

7 dicas para diminuir os custos fixos do condomínio

Nos últimos meses, o governo aplicou reajustes em despesas como água e luz, causando um desequilíbrio no orçamento de diversos brasileiros. Quem mora em prédio e, muitas vezes divide uma conta coletiva, pode ter se assustado.

Com a crise financeira, todos têm um bom motivo para economizar, principalmente os síndicos, que devem estar atentos às contas do condomínio para que não excedam mais do que ele arrecada. Isso acaba se tornando uma verdadeira dor de cabeça, visto que não é fácil encontrar maneiras de diminuir gastos em um país com uma carga tributária relativamente alta.

Por isso, no post de hoje, vamos trazer algumas dicas que podem ajudar a enxugar as contas do condomínio, mas precisamente, os custos fixos, aliviando um pouco esta preocupação dos síndicos. Confira:

Diminuir os custos fixos do condomínio

1. Analisar a carga horária e horas extras de funcionários

As maiores despesas de um condomínio, sem dúvida, estão relacionadas à contratação de funcionários. Como boa parte dos prédios adota um sistema de portarias 24 horas, é bom ter racionalidade quanto ao número de funcionários. Uma boa medida é avaliar a quantidade de horas extras que estão sendo pagas. Se muitos funcionários ultrapassam sua jornada, talvez seja o momento de avaliar uma nova contratação.

2. Busque sempre manter os funcionários

É importante para o bem-estar do condomínio que exista uma relação de confiança entre os moradores e os funcionários que ali trabalham, por isso, é preciso esforço para se reter os talentos. Além disso, demissões costumam ser processos onerosos, pois demandam o pagamento de verbas rescisórias e, muitas vezes, representam o risco de uma ação trabalhista.

Uma ótima forma de manter os bons funcionários é através dos benefícios. Plano de saúde, odontológico e, principalmente, o seguro de vida são alguns itens que incentivam os profissionais a manterem o seu emprego, pois dificilmente iriam contratar esse tipo de serviço se não os fosse oferecidos pela empresa. Para saber mais sobre retenção de talentos através de benefícios, leia esse nosso post sobre os benefícios como forma eficaz de retenção de talentos.

3. Realizar manutenções preventivas

A manutenção preventiva é a forma mais eficaz de se evitar gastos com grandes obras. Por isso, é importante que o condomínio mantenha uma rotina de verificação e pequenos reparos dos elevadores, bombas de água, portões eletrônicos. Além disso, checar a impermeabilização e a presença de vazamentos também são medidas preventivas.

4. Controle os gastos com energia

Para economizar de maneira eficiente, vale investir em sensores de presença, bem como reprogramar os elevadores para que funcionem de forma inteligente. Por mais que no início um pequeno investimento seja necessário, são modificações que acabam cobrindo os custos fixos do condomínio, e salvam uma boa parte do orçamento.

5. Economizar água

A crise hídrica do último ano já demonstrou que a água não é um recurso infinito como muita gente pensa. Além disso, usá-la com racionalidade faz bem ao meio ambiente e também ao orçamento do condomínio. Algumas medidas, como a instalação de hidrômetros individuais, ajudam a economizar cerca de 20% de água. Redutores de vazão e instalação de cisternas para reaproveitar a água das chuvas também são boas medidas para reduzir os custos fixos do condomínio.

6. Evite a inadimplência

Quando o número de atrasos das cotas do condomínio ultrapassa três, é importante procurar o condômino para conversar, buscando sempre um acordo nos termos das regras previstas pelo condomínio. A chamada inadimplência crônica é um grande problema que afeta o orçamento de muitos condomínios, por isso deve ser combatida. Recomenda-se que, a partir do quarto atraso, o condomínio busque auxílio jurídico para ajuizar uma ação visando o ressarcimento.

7. Convide os demais condôminos a participar

Uma gestão participativa faz com que os condôminos se apropriem mais das questões relativas ao prédio e contribuam com esforços para atingir os objetivos gerais. Por mais que existam conflitos, é importante sempre ressaltar a importância de todos, principalmente quando se trata de economia.

Quais medidas você realiza para economizar nos custos fixos do condomínio? Compartilhe sua experiência nos comentários abaixo!

No Comments

Postar Comentário

Converse conosco pelo Whatsapp
× Olá !! Precisa de ajuda ?