5 estratégias para evitar a inadimplência em imobiliárias

"atributo alt= evitar a inadimplência"

5 estratégias para evitar a inadimplência em imobiliárias

Quando os seus clientes deixam de pagar, isso pode impactar significativamente no funcionamento do seu negócio. De acordo com pesquisa, cerca de 40% da população adulta brasileira figura no rol dos inadimplentes.

Por isso, é preciso encontrar maneiras para evitar a situação, já que a probabilidade de ela ocorrer é maior quando se lida com contratos no longo prazo, como é comumente o caso dos negócios imobiliários.

Para ajudá-lo a lidar com esse problema, apresentaremos cinco dicas para lidar com a inadimplência em imobiliárias, fazendo com que você continue recebendo nas datas corretas. Acompanhe.

1. Para lidar com a inadimplência em imobiliárias, aprimore os métodos de pagamento

Facilitar o pagamento para o cliente é uma das melhores maneiras para lidar com a inadimplência em imobiliárias. Por isso, é fundamental encontrar soluções para que o cliente tenha mais facilidade na hora de pagar seus débitos.

Afinal, é muito comum que o cliente atrase suas contas por ter um pagamento dificultado. Com isso, é preciso utilizar as tecnologias atuais para oferecer mais opções e formas de pagamento focando sempre na praticidade do método.

2. Seja criterioso na hora de aceitar um negócio

A inadimplência em imobiliárias começa quando não há um processo de levantamento do histórico do possível cliente. Por isso, é fundamental investigar a fundo sobre a situação financeira das pessoas e tentar fazer uma pesquisa das dívidas e dificuldades de pagamento de seu possível cliente.

Assim, fica mais fácil compreender qual será o seu comportamento no futuro. Afinal, uma pessoa com histórico de inadimplência pode demonstrar que se trata de alguém que possui dificuldades para gerenciar adequadamente o seu dinheiro.

Além disso, algumas pessoas não se importam em fazer dívidas, tornando os casos de inadimplência problemas mais comuns. Por isso, antes de aceitar um negócio de longo prazo na sua imobiliária, tente descobrir quem é essa pessoa com a qual você está negociando.

3. Compreenda os motivos da inadimplência

Dificilmente você encontrará apenas uma razão para que a inadimplência ocorra em imobiliárias. Por isso, é importante tentar descobrir todos os motivos que levam a ela no seu negócio.

Assim, fica mais fácil encontrar as melhores soluções, fazendo com que você evite que esse problema continue ocorrendo no futuro. Para ajudar, que tal criar um sistema de cobrança diferenciado para cada tipo de perfil de cliente que não paga suas obrigações? Quando se tratar de um simples esquecimento, por exemplo, é bastante provável que a solução ocorra apenas melhorando as formas de contato, cobrança ou envio de boleto para o cliente.

4. Faça acordos com os clientes

Os acordos podem ser uma boa saída quando se trata da inadimplência em imobiliárias. Para isso, é necessário sentar à mesa com seu cliente, negociar, ouvir uma proposta, contrapropor e chegar a um acordo.

Para que ele seja interessante para os dois lados, é preciso debater sobre as possibilidades de pagamento e encontrar maneiras para que a dívida não fique apenas acumulando.

Assim, você tem a certeza de receber o seu dinheiro, além de evitar desgastes, gastos desnecessários e perda de tempo.

5. Não se esqueça de manter as finanças organizadas

Ter um controle preciso das finanças é fundamental para evitar e perceber a inadimplência em imobiliárias com antecedência. Para isso, fique de olho em relação aos prazos e aos preços, tendo o controle total da entrada e saída da empresa.

Com isso, além de manter um sistema organizado, você também poderá lidar de maneira mais rápida com os imprevistos, fazendo com que a inadimplência diminua significativamente.

E você, já pensou em alguma maneira para evitar a inadimplência em imobiliárias? Tem alguma dica extra para compartilhar? Deixe sua mensagem nos comentários e até a próxima!

No Comments

Postar Comentário

Converse conosco pelo Whatsapp
× Olá !! Precisa de ajuda ?