O que é uma Corretora de Seguros?

O que é uma Corretora de Seguros?

Com certeza você já ouviu falar em seguros de vida, de imóveis, de carros e até de partes do corpo. Fazer uma apólice de seguro é uma maneira de gerenciar os riscos do dia a dia. Quando você compra um carro, por exemplo, precisa pensar em possíveis acidentes que podem acontecer: entre outros riscos, alguém pode bater no seu veículo ou ele pode ser roubado. Fazer um seguro é a melhor forma de garantir a sua tranquilidade financeira caso algo assim ocorra.

É aí que entram as corretoras de seguro. Estas são empresas que fazem a intermediação entre a seguradora – empresa que assume os riscos na perda de um bem material, por exemplo – e o segurado – pessoa que contrata o seguro. Continue a leitura para saber mais sobre como funcionam as corretoras de seguro!

A importância de ter uma apólice de seguro

Os riscos fazem parte da vida, não é mesmo? Doenças, acidentes e perdas repentinas podem acontecer com qualquer pessoa. Muitas destas situações são agravadas pelos prejuízos financeiros. Um diagnóstico de câncer na família, por exemplo, pode refletir em altas despesas médicas para garantir um bom tratamento. Já a perda de um dos chefes da família também pode resultar em uma drástica redução na renda mensal. Uma apólice de seguro que cubra doenças e/ou morte ajuda a amenizar o impacto financeiro que pode estar envolvido em situações como estas.

Também é importante segurar os bens materiais. Muitas pessoas têm boa parte do seu patrimônio financeiro investido na casa própria. Mas e se o imóvel pegar fogo? A perda traz um considerável prejuízo financeiro. Uma apólice de seguro com cobertura para incêndios evita que a família perca tudo o que tem. Existem diversas outras modalidades de seguros, mas estes são alguns dos exemplos mais contratados e que ajudam a mostrar a importância de contar com este recurso para diminuir o impacto de possíveis perdas.

O papel da Corretora de Seguros

Quando alguém pensa em fazer um seguro para garantir mais tranquilidade financeira deve procurar uma Corretora de Seguros. Estas são empresas que comercializam os contratos feitos pela Seguradora. Já a Seguradora é a empresa que, efetivamente, se responsabiliza pelos riscos e danos previstos em contrato em troca de um prêmio. Quando um carro é roubado, por exemplo, se ele está segurado, é da Seguradora a responsabilidade de arcar com o prejuízo, mas é a Corretora que faz o intermédio entre a empresa e o Segurado para garantir que os termos do contrato sejam cumpridos.

Para que todos os termos do negócio fiquem registrados é feita uma Proposta de Seguro, na qual a Seguradora irá se basear para emitir a Apólice – documento que formaliza a negociação entre Segurado e Seguradora. Neste documento constam informações importantes, entre elas:

  • Bem ou pessoa segurada.
  • Valor do prêmio – quantia paga pela pessoa que contrata o seguro.
  • Os riscos cobertos – acontecimentos cobertos pelo seguro.
  • Os riscos excluídos – acontecimentos não cobertos pelo seguro.
  • Os bens não inclusos no seguro contratado – por exemplo, joias não são cobertas em caso de incêndio.

Os termos da Apólice ajudam a garantir a transparência da negociação. Para chegar ao valor do prêmio, a Seguradora avalia os riscos envolvidos: quanto maiores são eles, maior é o valor do prêmio (valor pago pelo Segurado).

Sendo assim, é a Seguradora que faz a Apólice e se responsabiliza pelos riscos previstos no documento. Mas é a Corretora de Seguros que, representando o Segurado, faz a Proposta. Vale dizer que a negociação deve ser, por lei, intermediada por Corretor habilitado e que as Corretoras, assim como as Seguradoras, são empresas autorizadas a funcionar pela SUSEP (Superintendência de Seguros Privados), autarquia ligada ao Ministério da Fazenda.

Uma apólice de seguro é um excelente recurso para garantir mais tranquilidade financeira. Conheça a Angélica Rocha, uma das principais Corretoras de Seguros do mercado. 

 

No Comments

Postar Comentário

× Atendimento (Whats)