O seu RH é preparado para o conflito de gerações na empresa?

O seu RH é preparado para o conflito de gerações na empresa?

Você já ouviu queixas a respeito de algum conflito de gerações na empresa? É bastante comum que os profissionais de RH falem a respeito da importância da diversidade e sobre os perfis dos colaboradores. Mas acontece que essas características que, muitas vezes, são essenciais acabam influenciando as atitudes de outras pessoas e, até mesmo, nos resultados da empresa.

Hoje, basicamente, quatro gerações distintas convivem no mundo corporativo. Baby Bomers, Geração X, Geração Y e Geração Z. Essas pessoas cresceram em épocas diferentes e possuem, em boa parte das vezes, valores, aspirações, perspectivas, visões de mundo e estilos de comunicação que podem, facilmente, entrar em conflito – de fato, conforme pesquisa, 75% das organizações possuem problemas de conflito entre gerações.

E, quando as diferenças são mais expressivas do que as semelhanças, alguns problemas de relacionamento podem ser difíceis de evitar. O conflito de gerações nas empresas é uma realidade bastante comum que ameaça a harmonia dos times de trabalho e compromete a produtividade dos grupos.

Ser capaz de lidar com as características, necessidades e expectativas de cada tipo de geração é um grande desafio para os profissionais de RH. Você enfrenta esse tipo de situação no dia a dia da sua empresa? Então, esse post é para você!

Afinal, conhecer os principais problemas causados pelo conflito de gerações na empresa é essencial para criar estratégias para diminuir a sua incidência e proporcionar um ambiente favorável e que permita desenvolver as potencialidades de cada um. Vamos lá?

Estresse e desmotivação causados pelo conflito de gerações na empresa

O estresse e a desmotivação são dois dos grandes pesadelos dos líderes e dos profissionais de RH. Afinal, esse tipo de problema afeta diretamente os resultados da empresa, além de impactar no clima organizacional de maneira negativa.

Em se tratando de engajamento e motivação, não basta oferecer salários atrativos e um excelente pacote de benefícios: é preciso garantir um ambiente com a menor incidência possível de conflitos de gerações na empresa.

Dificuldades de comunicação

As diferenças das principais gerações de colaboradores da sua empresa também podem ocasionar dificuldades de comunicação, seja por diferentes estilos ou até mesmo por “birra”. Sim, isso pode acontecer! Um colaborador pode encontrar maneiras de dificultar a comunicação e a circulação de informações na empresa.

E você sabe que a comunicação precisa fluir, ser transparente e de acesso fácil para que todos atuem na mesma sintonia, certo?

Resistência à mudança

Imagine-se na seguinte situação: você possui uma sólida carreira, anos e anos dedicados à empresa aguardando pacientemente por uma promoção. Até que, então, a empresa resolve contratar um colaborador muito mais jovem e menos experiente do que você. Como lidar com isso? Parece até o enredo de um filme, não é mesmo? Mas esse é apenas um tipo de exemplo que ocorre comumente por conta do conflito de gerações na empresa.

Colaboradores com inteligência emocional não desenvolvida podem ver certas mudanças como uma afronta e, portanto, resistir – e isso ocorre em todas as gerações.

Redução do nível de comprometimento e de lealdade com a empresa

Todos os problemas indicados acima reduzem o nível de comprometimento e de lealdade com a organização. Se não houver preparo do RH para lidar com o conflito de gerações na empresa, o resultado será uma equipe desmotivada, com uma comunicação ineficaz e que, de quebra, “baterá os pés” diante das mudanças.

Como preparar o seu RH para o conflito de gerações na empresa

Quando falamos em conflitos, logo pensamos em grandes dores de cabeça e nos efeitos negativos. Mas, na verdade, quando administrados, eles podem trazer diversos aspectos positivos para o dia a dia organizacional. Confira alguns deles:

  • Inovação e criatividade: a troca de ideias entre colaboradores de diferentes gerações pode enriquecer os resultados da empresa por meio de soluções alternativas.
  • Processo decisório: a tomada de decisões pode ser melhorada quando opiniões e abordagens distintas são levadas em consideração.
  • Diferentes contribuições: a integração dos grupos pode ser muito favorável para criar novas abordagens para os problemas da empresa.

Mixar talentos torna o ambiente mais dinâmico e rico em inovação, porém, para transformar os conflitos em soluções, os profissionais do RH devem entender o comportamento e os objetivos de cada geração. Assim, é possível estimular cada um a dar o seu melhor.

Os líderes também devem ser bem preparados e capazes de garantir o equilíbrio entre as gerações.

Ferramentas como as pesquisas de clima organizacional e as avaliações de desempenho podem ajudar a reconhecer as interações entre os membros das equipes e a diagnosticar os relacionamentos. As empresas também devem implementar decisões estratégicas, como promover mais eventos de endomarketing para estimular a proximidade entre os membros das equipes, mesmo que de diferentes gerações.

E você, identificou algum desses problemas na sua empresa? Tem alguma outra dica de como lidar com o conflito de gerações na empresa? Deixe um comentário e até a próxima!

No Comments

Postar Comentário