6 sinais de quando os colaboradores estão desmotivados

6 sinais de quando os colaboradores estão desmotivados

6 sinais de quando os colaboradores estão desmotivados

Um estudo divulgado pela Towers Watson revelou que 30% dos profissionais estão desengajados no emprego, enquanto 28% se sentem altamente motivados e 26% dizem se sentir sem suporte.

Esses números mostram que a desmotivação atinge um percentual alto dos profissionais e é ela uma dos principais motivos que levam as empresas a não conseguirem obter a produtividade máxima.

A motivação é essencial para o sucesso da organização. Uma pesquisa constatou que funcionários mais felizes e motivados produzem 12% a mais, já aqueles que se sentem desmotivados geram gastos com demissão que podem chegar a  R$ 900 bilhões de reais por ano.

Entretanto, os sinais do descontentamento e da desmotivação, muitas vezes, passam despercebidos pelos gestores, que precisam estar atentos a algumas atitudes para que possam mudar esse panorama.

Você sabe identificar quando os colaboradores estão desmotivados? Veja, a seguir, dicas para descobrir se a falta de motivação está afetando seus funcionários e, consequentemente, os resultados de sua empresa. Confira!

1. Queda de desempenho

Vamos pensar em um profissional que sempre entrega as suas tarefas com rapidez, que fica depois do horário, mas que, de uma hora para a outra, passa a entregar o que foi solicitado depois do prazo ou até de forma incompleta. Isso acontece na sua empresa?

Pois esse profissional que antes vestia a camiseta da empresa e mostrava grande dedicação, certamente, está entre os 30% dos colaboradores que estão desmotivados, conforme a pesquisa citada. E, para reverter isso, é preciso verificar o que acontece com ele, prestar atenção e identificar o que o está desmotivando, criando ações para resgatá-lo e evitar que essa queda de produtividade acabe levando a uma demissão.

2. Muitos conflitos na equipe

Brigas, discussões constantes e um clima organizacional pesado são indícios de que os colaboradores estão desmotivados. O clima de tensão entre colegas e a falta de paciência nas interações mostram que há problemas de motivação na equipe.

Para amenizar essa situação, é necessário proporcionar momentos de descontração para o grupo, fazendo com que a convivência se torne mais harmônica. Não incentivar a competitividade entre colegas de uma mesma equipe e, sim, fomentar o trabalho em equipe, mostrando que todos têm um mesmo valor, pode ser uma forma de minimizar os conflitos e ter profissionais mais motivados no grupo.

3. Quando os colaboradores estão desmotivados, há muitas faltas injustificadas

Quando os colaboradores estão desmotivados, qualquer situação é motivo para faltar ao trabalho, o que leva à baixa produtividade e ao atraso na entrega de tarefas.

Essas faltas podem ser as mais banais e, inclusive, ter motivos falsos. Por isso, é preciso estar atento, pois absenteísmo constante é um sinal de desmotivação e, muitas vezes, pode estar afetando o desempenho de um profissional de qualidade, mas que, por não se sentir valorizado, não apresenta vontade de realizar determinadas tarefas.

4.  Atrasos constantes

Agora, pense em um profissional que sempre foi um exemplo para a equipe, nunca se atrasou e sempre tinha boas ideias para contribuir com o grupo, mas, de uns tempos para cá, começou a não contribuir mais com sugestões e a ter atrasos constantes.

Esse profissional está desmotivado e, por isso, não consegue cumprir seu horário, nem participar ativamente de forma a fazer a diferença nos resultados da empresa.

5. Quando os colaboradores estão desmotivados, eles ficam mais atentos à concorrência do que à própria empresa

Esta é uma clara amostra de que os colaboradores estão desmotivados. Quando, por exemplo, em uma conversa entre colegas sobre o mercado no qual estão inseridos, há um interesse maior sobre informações da concorrência do que aos assuntos importantes para a sua empresa, eles podem estar desmotivados e querendo trocar de emprego. Fique atento!

6. Rotatividade de pessoal

A rotatividade de pessoal é uma das demonstrações mais claras de que há uma desmotivação, seja ela na empresa ou em um setor específico. Quando muitas pessoas passam por determinada companhia sem ficar muito tempo, é porque há algo de errado.

Realizar uma pesquisa de clima é a melhor forma de detectar o que precisa ser ajustado para que sua empresa consiga atrair e reter os melhores talentos.

Meus colaboradores estão desmotivados. E agora?

Se em sua empresa ocorre uma ou mais das situações que apresentamos aqui, é hora de agir.

Primeiramente, identifique se a falta de motivação decorre do próprio trabalho ou de um fator externo. Para isso, é essencial promover uma conversa sincera com seu funcionário: se mostre interessado em ajudá-lo e ouvi-lo.

Em muitos casos, apenas essa iniciativa já pode promover uma grande mudança positiva no quadro. Cerca de 80% dos participantes de um estudo afirmaram ser fundamental para sua satisfação e motivação no trabalho que seu líder lhes ouça respeitosamente.

Como vimos, realizar uma pesquisa de clima também é fundamental para que suas ações não sejam baseadas apenas em feeling ou em “achismos”.

Você pode, por exemplo, achar que disponibilizar uma mesa de Ping-Pong ou um vídeo game moderno deixará seus funcionários felizes e motivados. Isso pode, realmente, dar certo, mas também pode não surtir nenhum efeito  – e você terá investido sua verba em vão.

Apenas ouvindo o feedback de seus colaboradores é que é possível identificar o real problema e criar um plano de ações realmente efetivo para resolver a questão.

A fim de incentivar o melhor desempenho de seus funcionários, muitas empresas acabam aumentando salário, mas, ao contrário do que se imagina, a remuneração é apenas o quarto fator mais motivador para os profissionais.

Por isso, antes, é essencial investir em uma comunicação transparente, em feedbacks contínuos e construtivos, em programas de treinamento, na valorização dos colaboradores e em um ambiente organizacional sadio e engajador para todos.

Os resultados dessas ações? Um estudo aponta que empresas com equipes motivadas e engajadas podem superar em 202% os resultados das organizações com colaboradores que estão desmotivados e desengajados. Isso porque o profissional motivado não trabalha apenas pelo pagamento no final do mês, mas para crescer com a empresa, contribuindo para que ela atinja seus objetivos e melhore seu desempenho no mercado.

Você tem alguma outra dica para descobrir quando os colaboradores estão desmotivados? Conhece outras ações que podem contribuir para reverter essa situação? Compartilhe suas dúvidas e experiências nos comentários e até a próxima.

No Comments

Postar Comentário