As vantagens do seguro fiança para as imobiliárias

As vantagens do seguro fiança para as imobiliárias

Para que as imobiliárias permaneçam competitivas e registrando bons resultados é preciso sempre inovar e adaptar-se, sobretudo em momentos de instabilidade e de crise financeira.

Nesse sentido, um dos recursos que têm sido fundamentais tanto para as imobiliárias quanto para proprietários e locatários é o seguro fiança. Ele já é responsável por 25% dos contratos de aluguel no Estado do Paraná, por exemplo, sendo um grande aliado para quem não quer buscar ou não possui um contato que aceite ser fiador nessa negociação. Veja, no post de hoje, as vantagens que o seguro fiança proporciona às imobiliárias.

vantagens do seguro fiança

Seguro fiança

O seguro fiança, também conhecido como seguro aluguel, funciona como uma garantia locatícia – na mesma categoria que se encontra o fiador – dispensando outros modos de garantia no ato de locação de imóveis. Ele é previsto na Lei 12.112, de 2009 (lei 8.245) e na pode ser utilizado para o aluguel de imóveis residenciais e comerciais.

Ele é uma transação comercial, não um investimento, por isso o valor pago não é devolvido ao término do contrato.

Sua contratação deve ser feita junto a uma corretora de seguros, mesmo que a locação do imóvel seja negociada diretamente junto ao proprietário.

Vantagens do seguro fiança para as imobiliárias

A contratação desse seguro é uma garantia para o proprietário, uma facilidade para o locatário e traz uma série de vantagens para as imobiliárias. A primeira delas é a certeza do recebimento do aluguel, mesmo em situações em que o inquilino não tenha recursos e acabe não pagando seu débito.

Outra grande vantagem é que o processo de locação torna-se menos burocrático e mais rápido – uma vez que, quando o futuro morador contrata o seguro fiança, há menos trabalho interno para a imobiliária, dado que as análises necessárias são feitas diretamente pela seguradora. Isso reduz a carga de trabalho da imobiliária e torna o processo muito mais dinâmico e também mais seguro.

Além disso, há redução dos custos na operação de locação já que a assistência jurídica é paga pela própria seguradora. E, em casos de eventual despejo, quando se contrata o seguro fiança, o custo da ação também não recai na imobiliária sendo essa outra vantagem financeira do processo.

Como benefício, também está a certeza de recebimento da taxa de administração, mesmo se o inquilino estiver inadimplente.

vantagens do seguro fiança

Outra segurança gerada é que as coberturas adicionais de danos ao imóvel, a multa por rescisão contratual e a pintura interna e externa do imóvel ajudarão a garantir que a locação esteja livre de problemas que possam ser causados durante o aluguel do espaço.

Em função da agilidade no processo de fechamento do contrato, de haver formas exclusivas para pagamento (que variam conforme a seguradora), da substituição da figura do fiador (a seguradora irá se encarregar de lidar com eventuais prejuízos financeiros ou mesmo materiais causados no período de locação) e da oferta de mão de obra das seguradoras para o locatário realizar reparos emergenciais gratuitos para manutenção do imóvel, essa modalidade torna-se muito atrativa; Porquanto, aumenta a possibilidade de fechamento de negócio e ajuda as imobiliárias a atingirem suas metas e a obterem melhores resultados.

Vale ainda ressaltar que, dependendo da seguradora escolhida, a renovação do seguro é garantida sem reanálise cadastral (desde que respeitadas às condições de renovação) gerando segurança e tranquilidade ao locador e à imobiliária.

O seguro fiança para as imobiliárias é um grande aliado conferindo agilidade ao processo de locação de imóveis e um diferencial que atrai mais inquilinos e, consequentemente, maior lucratividade ao negócio.

Você ainda tem alguma dúvida sobre o seguro fiança para as imobiliárias? Deixe sua mensagem nos comentários e continue vendo outras dicas como essa aqui no blog!

No Comments

Postar Comentário